Hérnia diafragmática congênita

Quando o diafragma (membrana que separa o tórax do abdome) não se fecha, os intestinos, o estômago e o fígado podem “subir” para o tórax do feto comprimindo seus pulmões. Esta compressão pode comprometer o desenvolvimento pulmonar, levando a problemas respiratórios no momento do nascimento. Nos casos mais graves, pode ser indicada a cirurgia endoscópica fetal com o objetivo de melhorar o desenvolvimento pulmonar, através da colocação de um “balão” na traquéia do feto. Os pulmões produzem líquido na vida intra-uterina e o balão funcionará como uma “rolha” que retendo este líquido dentro do pulmão, fará o volume pulmonar aumentar. A correção definitiva do defeito no diafragma será feita somente após o nascimento.

Hérnia Diafragmática Congênita

Ressonancia Hérnia Diafragmatica
Coração (escuro) desviado para direita e estômago (branco) acima do diafragma

Voltar